0 Menu

O Tchekista

Vladímir Zazúbrin

12.60

pvp 14.00 | preço web 12.60

Em 1987, um manuscrito perdido datado de 1923 era descoberto na Biblioteca Lenine, em Moscovo. Folheá-lo era assistir ao terror e à violência de um dos períodos mais sangrentos da história russa. Lembrando a obra Na Colónia Penal, de Kafka, O Tchekista é um dos primeiros testemunhos literários sobre a natureza do poder soviético e um relato atroz de uma máquina de terror oleada pelo sangue humano. No rescaldo da guerra civil, Srúbov, um agente da Tcheka, cumpre o seu ofício de carrasco na Sibéria. Em nome da revolução, participa nos atrozes procedimentos quotidianos, em cruéis interrogatórios e em execuções sumárias. Porém, a sua consciência impede-o de desempenhar o seu ofício e o matadouro sangrento em que se move assola-o eternamente. Texto de uma violência asfixiante e com um assombroso poder de evocação, O Tchekista é considerada uma obra inconveniente por descrever de forma supremamente realista os crimes soviéticos. Foi publicada em 1989.

  • Tradução António Pescada
  • Ano de edição 2012
  • N.º pp. 172
  • ISBN 978-972-608-227-9