0 Menu

Carmina

Paulo da Costa Domingos

3.00 / Promoção

«Uma das razões mais tocantes desta escrita de Paulo da Costa Domingos reside precisamente na relativa indiferença com que sobrepõe ao vício da linguagem um outro vício mais radical: o da própria vida. Que possa ser sentida e pressentida como horror e conflito também pouco importa por sua vez a quem finda por a transfigurar numa outra dor: vocabular imaginativa convulsa.»
Joaquim Manuel Magalhães

  • Ano de edição 1995
  • N.º pp. 136
  • ISBN 972-608-080-0